Páginas

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Desodorantes Anti-transpirantes

Olá, tudo bem?

Hoje vamos falar sobre DESODORANTES.

Existem no mercado uma grande quantidade de desodorantes, de vários tipos, fragrâncias e aplicações. 

Hoje em dia, existem formulações com ou sem álcool, com ou sem perfume, com indicações específicas: para diminuir o crescimento dos pelos das axilas, com hidratantes, com agentes clareadores de manchas, dupla proteção anti-bactérias, anti-transpirantes, que não apresentam manchas em roupas escuras, em roupas claras, enfim, para quase todos os gostos e bolsos.


Tipos de Desodorantes:

1. Spray:  Talvez seja a forma mais antiga de aplicação, e que contenha a maior concentração de álcool na formulação.  São eficientes na sua grande maioria, mas requerem reaplicações periódicas.

2. Aerosol: É a forma que mais gosto, antigamente havia o receio do uso por prejudicar a camada de ozônio, algumas informações que diziam que continham substâncias cancerígenas, mas hoje há um controle sobre isso, as formulações passaram por processos de reformulações, e hoje não oferecem riscos a saúde como diziam.

3. Stick: São os desodorantes "em barra", com toque seco e fácil aplicação.  são mais resistentes à ação das bactérias e necessitam de menos reaplicações.

4. Roll-on: Acredito que hoje seja a forma mais utilizada pelas pessoas que trabalham fora, e tem o dia-a-dia corrido, e que podem levá-lo na bolsa sem fazer tanto volume. Não que as outras formas não sejam boas para transportar, mas essa é a menor. Precisam na sua maioria de algum tempo para secar nas axilas, o que eu não acho nada prático.

5. Creme: Essa é uma forma que não considero nada prática, porque sujamos os dedos para aplicação. É uma forma eficiente, porque apresenta consistência mais espessa, e por isso fixa melhor na pele.

Existe uma infinidade deles, é só escolher o seu e aproveitar.
Abraços,
Sandra

Um comentário:

Maria disse...

PS: obrigada pela explicação sobre a tapioca, lá no meu blog ;)